Não entendeu?

domingo, 26 de fevereiro de 2012

O Mago




Um dia a caminhar,
encontrei durante a noite um velho mago
E ele me oferecendo um único desejo,
perguntou o que eu queria.

Eu, em tom humilde, disse: "Paz na terra aos de boa vontade."
E o mago olhando para mim, somente ria...
Eu pensei em dizer: "Dinheiro e conforto na velha idade..."
Mas quando menos esperava, novamente de mim ele ria

Foi quando eu, entendendo tudo, pedi:
"Conhecimento e sabedoria de verdade!"

E foi aí, em meu mais perfeito juízo, que percebi, o tal Mago logo deixava de existir...





Guilherme Marcus Moreira

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Ter ou Ser ?

Pergunto-me:

Tudo tem de TER sentido?...
Ou tudo tem de SER sentido?
...

Deus é só uma palavra.
... como qualquer outra.
Como esta aqui.
E esta... por sinal...
isto aqui é só uma frase...
e esse monte de palavras juntas...
é só um texto.

Junte as letras:

D

E

U

e S...

Que separadas são somente letras...
E que juntas, são só uma palavra...
DEUS.
Qualquer palavra é vazia de significado. Elas só têm significado, porque assim convencionamos.
Se não tivéssemos convencionado, não entraríamos em acordo! (Não que as pessoas se entendam só por causa disso, mas enfim...)
Mas no fundo, todas as palavras... são vazias de significado (e/ou sentido...)
...

Milhares de anos de existência humana... MILHARES (uns 15 milhares, se não me engano, certo?)... e NINGUÉM foi capaz de explicar Deus em palavras...
Aliás, minto... Tem uma palavra que o descreve muito bem...
INEFÁVEL! ... - Hah, que ironia...
...

Malditas perguntas... Pergutamos a nós mesmos qual o sentido da vida, o que é Deus,
qual o significado de tudo, do universo e tudo o mais,
qual o sentido de simplesmente estarmos vivos...
e a pobre coitada de nossa mente se lança à um desafio hercúleo de compreender tudo isto,
de entender o significado do universo inteiro, afinal de contas, por que estamos aqui?
Chegamos a pensar que talvez alienígenas tenham nos raptado,
e nos encubaram este tempo todo para nos fazer de cobaias em pesquisas
e experiências de laboratório, ou talvez simplesmente não exista aquele maldito
esteriótipo idiota de um barbudo com auréola na cabeça que voa por aí,(esteriótipo que aliás, é só uma ímagem nas nossas cabeças...)
e está lá no céu, espionando TUDO o que a gente faz, e esperando o dia certo pra simplesmente te jogar no limbo...!
... até porque, convenhamos... como cometemos erros perante as tais leis
de deus...!
...

... se não tomamos cuidado... ficamos loucos, perdemos a sanidade... a mente entra em LOOP, repete a si mesma a mesma pergunta, várias e várias vezes... e não encontra a resposta!
...

Teve alguém... algum sujeito muito engraçado que espalhou por aí, uma coisa muito engraçada:
ele disse que Deus é AMOR!
E convenhamos...
Amor é tudo... menos algo racional.
Pode ser percebido pelo racional... mas definitivamente, não se explica, simplesmente.
Amor...
se SENTE...
E se Deus é amor...
Não é a toa que ele é um mistério.
Não se pode explica-lo com a razão!!!!!!...

... e onde mais está a beleza da vida, se não, no mistério da existência?
...

Heh... e então... dou risada, e pergunto-me novamente:
...

Tudo tem de TER sentido?
Ou tudo tem de SER sentido?


Guilherme Marcus Moreira

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Felicidade?

Disse o mais tolo: "Felicidade não existe."
O intelectual: "Não no sentido lato."
O empresário: "Desde que haja lucro."
O operário: "Sem emprego, nem pensar!"
O cientista: "Ainda será descoberta."
O místico: "Está escrito nas estrelas."
O político: "Poder"
A igreja: "Sem tristeza? Impossível.... (Amém)"

O poeta riu de todos,
E por alguns minutos...
Foi feliz!









  O Teatro Mágico

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Poema e Poesia

Poesia,
não é nada mais,
e nada menos,
que o sussurro da alma...


(...) e o Poema,
é o sussurro,
traduzido pela língua dos sentimentos,
e carimbado com tinta no papel...













Guilherme Marcus Moreira

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Nostalgiando

...

Abro os olhos ao acordar, apenas um dia comum
odeio isso, nada muda, nada é diferente...
na verdade, cansei de estar aqui, doente...
cansei de ser mais um...

Às vezes, penso ser muito novo pra me sentir assim,
tentando me misturar ao povo,  aguardando ansioso o fim...
Pensando em coisas que já não são, em pessoas que se vão...
Mas nada vai mudar, sei que o que passou nunca vai voltar...

Posso parecer deprimido, mas é somente a verdade
as coisas se acabam com o tempo,
os sentimentos se vão pelo ralo...

e eu me sinto morto...

Todos se vão no fim... mas o que seria o fim?
Seria como em uma noite quente não poder dormir?
ou seria simplesmente de uma ponte cair... e cair...

Guilherme Marcus Moreira
 

© 2011 Hermit Modern |