Não entendeu?

domingo, 1 de janeiro de 2012

O Céu de um dia que não volta...



Enquanto lá fora o céu é nublado,
Cinza d’uma chuva que não cai...
Encanta com ousadia meus olhos
E no mundo me faz pensar...

Enquanto aqui dentro o calor me conforta,
Me faz perceber que não há para onde ir
E a vida me escapa pelos poros,
Aumentando a vontade de não estar aqui...

Enquanto os segundos passam como horas
E a saudade me faz vacilante...
Aumenta minha vontade de ir embora
E a realidade se altera por um instante...

Enquanto o vento leva embora lembranças,
A brisa traz de volta os sentimentos
E nos esquecemos de quando fomos crianças,
E, por consequência, de tudo o que já vivemos...

                                                                                                                       
                                                                                                                     Guilherme Marcus Moreira
 

© 2011 Hermit Modern |